Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ritoca Bomboca

Ritoca Bomboca

23
Nov18

33, como assim?!

"33? A sério? Não parece nada!"

Mas são, 33.

33 em cada perninha.

33 em casa osso.

33 de vida. De amores e desamores. De amizade. De lealdade. De companheirismo. De diversão.

Com sapos, alguns engolidos vivos. Com decepções. Com sonhos perdidos. Com reconstruções. 

Com querer, acreditar e lutar. 

Gosto de celebrar a vida.

Quando uns pensam "lá vem mais um dia", eu penso "menos um dia", porque eu gosto de viver. Assim, como vivo. De modo claro e genuíno. Sem esconder sentimentos, fúrias ou vontades.

Sei que o feitio é difícil, como uma daquelas embarcações a lutar contra a tempestade. É intenso, para o bem e para o mal. Osso duro de roer. 

33 de tom alto e gargalhadas sonoras. Se é para rir que seja com vontade. 33 com o gosto de fazer os outros rir, uma das coisas que mais gozo me dá. Gosto de alegria e de festa. Comer, beber e passear na rua. 

33 de rubiquice, ou para alguns "a serigaita fez 33". 

Fiz 33 e estou feliz!

Não sinto peso, só na balança.

Alguns não percebem e quando descobrem a idade fazem cara de "ups", sabem como é, certo?! Eu não me importo, porque estou bem com a idade que tenho, porque a considero apenas aquilo que é, um número.

A partir de hoje tenho um ano novo.

O que já foi, foi intenso. De mudanças. De revoluções.

Mas sabem o que é melhor?! O melhor é aquilo que está por vir.

Agora, vamos bailar, porque não vejo forma melhor de celebrar a vida!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.