Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ritoca Bomboca

Ritoca Bomboca

05
Jan15

Então balanços, resoluções....

Não tens nada, catraia? (Sim, isso mesmo, estou a perguntar à minha pessoa, que se há coisa que eu faço bem é falar sozinha).
Pois balanços não tenho, nunca fiz, aliás, sou daquelas que vai lembrando ao acaso das coisas que viveu, não consigo parar e recordar mês a mês o que de bom ou mau aconteceu, a não ser que seja mesmo muito bom ou mau.
Resoluções tenho muitas.
Como dizia o outro, "5 números e 2 estrelas" por si só seriam suficientes!
Ou então um corpicho como o da Irina e uma conta bancária como a do Ronaldo. Serão devaneios?! É que vai-se a ver e as coisas estão tão mal distribuídas, que se me debruçar sobre o assunto ou enlouqueço, ou entro para um partido político daqueles que ainda sonham em mudar o mundo!
Também quero dar a volta ao mundo, ou então, para começar, ficava só pelos Estados Unidos, uma voltinha pelos estados dos States, que é coisa para demorar pouqinho tempo e ser baratinho!
Além disso, e um pouco mais a sério, o que queria mesmo era trabalhar na área que mais gosto, ou melhor sendo a mesma tão abrangente, trabalhar com mulheres, vítimas de violência doméstica, com crianças vítimas de abuso, com crime. A PJ também é uma opção, mas o tempo passa, a idade também e se não abre concurso este ano, nem a possibilidade de concorrer tenho mais.
Bem sei que somos nós quem temos de controlar a nossa vida, mas não é fácil, são poucas as portas abertas, se abrem as cunhas falam mais alto.
Vejo a vida de muito boa gente por essa blogosfera e xinapá, a minha é mesmo diferente! A malta viaja 5 vezes ao ano, e eu para ir uma semana ao Algarve tenho de contar os trocos... lá está mais uma vez a má distribuição das coisas.
Em Março faço 7 anos com o moss, dizem que a crise dos 7 anos é tramada, e sendo sincera não me está apetecer nadinha ter uma crise. Mezinhas caseiras para que isso não aconteça, há por aí?! É que por este andar vamos ter a crise dos 7 anos de namoro, dos 14, dos 21 e por aí em diante. (Acabo de perceber o jeitaço que deu, aprender no infantário, a musiqueta " sete e sete são catorze, com mais sete vinte e um").
Oh boss aí de cima, vê se te demoras um pouco mais comigo, é que eu até tenho as costas largas, mas quando é que vou começar a colher o que plantei?! 

?