Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ritoca Bomboca

Ritoca Bomboca

03
Jan12

Funerais

Não gosto de funerais, acho que ninguém gosta, mas eu odeio mesmo.
Mas já passei por alguns e acho que as outras pessoas criam muitos bichos de sete cabeças quando têm que ir ao velório ou funeral de alguém.
Não gosto daquelas pessoas que mal nos conhecem e, quando nos vão cumprimentar, no sentido de expressar as suas condolências, nos apertam ou debitam tretas que todos sabemos de cor e que entra por um ouvido e sai pelo outro como por exemplo, "acabou-se o sofrimento", "a vida é mesmo assim" ou até mesmo "foi para um lugar melhor".
Para mim, num funeral ou num velório, um simples "estou aqui"  proferido pelas pessoas que mais queremos bem é mais do que suficiente, mesmo essencial.
E sei que é uma altura, em que quer queiramos quer não, mais sentimos quando alguém de quem gostamos não está presente, já fiquei muito magoada por não ter uma determinada pessoa no funeral da minha avó.
Por isso e, como amanhã, infelizmente, terei de estar presente num desses momentos, digo, a simples presença é mesmo o mais importante.
Nada de discursos decorados, ou cumprimentos a pessoas que nem conhecemos apenas porque presumimos que são da família por estarem sentados perto da urna, já vi muito boa gente a cumprimentar pessoas que mal conheciam quem estava no caixão, ou pessoas a abraçarem-me sem sequer me conhecerem, não faz sentido.