Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ritoca Bomboca

Ritoca Bomboca

11
Ago16

Nostalgia...

Há dias em que a nostalgia nos invade e nada podemos fazer.
O melhor mesmo é aceitar, mas sem nunca esquecer que quem vive do passado é museu.
Mas, se olharem para trás sentem que viveram muito ou que têm deixado a vida passar?!
Eu acho, que felizmente pertenço ao primeiro grupo.
Não no sentido de ter vivido muito em quantidade, pois acredito sempre que o melhor está para vir, mas pelo facto de ter vivido momentos, afectos e relações de qualidade.
Esta nostalgia também serve para percebermos que as gavetas estão a ficar arrumadas, que a poeira está a ficar sacudida e que somos a melhor senhora da limpeza da nossa vida.
Serve para perceber que vivemos, que demos muito de nós por pessoas que naquele momento mereciam essa entrega. 
Não me refiro apenas a amores, também a amizade ou a qualquer tipo de relação que envolva afecto. 
Serei sempre uma pessoa de afectos. 
A nostalgia também serve para entendermos que as fases indefinidas ou cinzentas da vida, talvez tenham um motivo. Quem sabe não precisas de parar, seja para pensar, para tranquilizar ou para perceber que a melhor companhia que podes ter serás sempre tu?!
Nem tudo é bonito, nem tudo é colorido, os fantasmas ou clichés até podem assombrar a tua vida, mas isso vai passar! Não passou sempre?! 
Lembras-te daquele dia em que estavas mais triste porque os problemas no trabalho surgiam em catadupa; porque a relação não estava na melhor fase; porque o amigo não estava ali para ti?! Pois, isso passou.
Tudo passa. 
Não deixes que os fantasmas se instalem e fiquem. Podes até permitir-te perceber que fantasmas são esses, mas não por muito tempo, depois, faz um favor a ti próprio e manda-os embora. 



  

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.