Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ritoca Bomboca

Ritoca Bomboca

21
Out16

Ser gaja!

Ser gaja dá uma trabalheira desgraçada, não me lixem, dá mesmo.

Temos um humor que varia mais do que a afinação da Maria Leal. No mesmo dia acordamos bem dispostas, estamos no trânsito e o condutor da frente não dá o pisca ficamos irritadas, chegamos ao escritório com tudo para ontem e ficamos desesperadas, passa aquela música e ficamos tristes, do nada já estamos super felizes, sem esquecer da ansiedade, da melancolia ou da nostalgia que também nos visita constantemente.

Se para alguns a TPM é um mito, as gajas sabem que é verdade e que é realmente aborrecida.

Depois temos aqueles dias ou quem sabe semanas não, em que tudo aborrece, em que tudo fica mal, em que o cabelo está com o corte horrível, em que a borbulha não desaparece, em que não temos nada para vestir e quando tentamos ir às compras não encontramos o que quer que seja do nosso agrado.

Sim, bem sei que parece fútil e que devíamos estar constantemente a pensar em mudar o mundo, no feminismo, ou em combater a fome mundial, mas não estamos, ninguém está.

Além disso temos de fazer a depilação, algo tão mas tão agradável. Há lá coisa mais bonita e agradável do que levar com cera quente naquelas zonas sensíveis?! De repente não me recordo de nada.

Temos de passar pelo ginecologista, sentar naquela cadeira com uma pernita para cada lado e levar com um estranho a mexer no nosso peepz. Não é bom?!

Nem vale a pena falar daquela semana do mês em que os tampões são os nossos melhores amigos, pois não?!

Então depois temos de ter as unhas cuidadas, que é o mesmo que dizer que o verniz não deve estar lascado, dá mau ar. Agora que olha para as minhas, upss.

No trabalho temos de andar a correr de um lado para o outro em cima de uns saltos altos. É que se pelo ar de miúda já se torna difícil levarem-me a sério, sem saltos é lindo de ver, as expressões "oh filhinha" e "oh menina" são constantes.

Estrias, celulite, flacidez, primeiras rugas, cremes corporais, máscaras faciais, contorno de olhos, drenante, dietas, esfoliante, protector solar, gordura localizada, dores menstruais, pílulas, lingerie cuidada, vernizes, bases, uiii, estou cansada.

Eu gosto de ser gaja, juro que gosto, hoje é que não.