Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ritoca Bomboca

Ritoca Bomboca

23
Mai16

Viajar sozinha: sim ou não?

Esta é uma ideia que me persegue há já algum tempo, passear sozinha, viajar sozinha.
Mas como nos foi imposta a ideia de que devemos fazê-lo com a família, com os amigos ou com o companheiro, ou até a ideia de que uma mulher sozinha é perigoso ou até nada divertido, ainda não me atrevi a fazê-lo. 
Sei que já esteve mais longe de acontecer.
Não dizem que só seremos felizes se sairmos da nossa zona de conforto?! Lá está, nada como sair da bolha.
Já li alguns relatos de pessoas que o fizeram e todos aconselham, mas há algo que quase todos sentem: os olhares das pessoas quando percebem que estão sozinhos, uns na vertente do "coitadinho veio sozinho, não tem ninguém", outros na vertente do "só pode ser maluquinho".
Mas o que li aqui accionou ainda mais este grilinho que não me sai da cabeça: 
"Para todas as pessoas que adoram viajar sozinhas, existem 20 outras que prefeririam andar descalços sobre brasas a arder. Para essas pessoas, a ideia de viajar sozinhos está repleta de incerteza. No entanto, se tens interesse em partir sem mais ninguém, não te esqueças do seguinte: viajar sozinho não é nem tão assustador, difícil ou impossível quanto possas pensar. Na verdade, com um pouco de planeamento, pode rapidamente tornar-se na melhor coisa que alguma vez fizeste."




Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.